Categoria: News

Você sabe a diferença entre os leites de vaca, de cabra e de búfala?

Além do animal a partir do qual eles se originam, estas bebidas não tem a mesma composição, cada uma tem suas particularidades e é indicada para uma finalidade nutricional específica. Vamos conhecer um pouco mais sobre cada uma e desmistificar algumas crenças erradas.

No Brasil, o leite mais popular é o de vaca. Ele é rico em cálcio, proteínas e vitamina D. Por seu sabor suave agrada a quase todos os paladares. Porém não é indicado para pessoas com intolerância a algumas substâncias, como a lactose ou a caseína. Muitas vezes, pessoas alérgicas à caseína se dizem alérgicas “a leite”, desconhecendo que existe uma opção tão nutritiva quanto, porém sem a substância: o leite de cabra.

O leite de cabra tem um sabor acentuado, por isso muitas pessoas acreditam que ele tem mais nutrientes que o de vaca. Isto não é verdade, ambos têm praticamente o mesmo valor nutricional, o leite de cabra possui quase a mesma quantidade de proteínas, calorias, carboidratos e gorduras que o de vaca, apesar do sabor diferente. A principal diferença entre o leite de vaca é que o leite de cabra é de mais fácil digestão.

Isso acontece porque o leite de cabra tem menos lactose e não tem caseína. Além disso, o leite de cabra tem glóbulos de gordura menores, o que também torna mais fácil sua digestão. Então, mesmo com sabor mais acentuado, ele acaba sendo mais “leve” que o leite de vaca e não provoca aquela sensação de inchaço na barriga.

Ao contrário do que muitos pensam, o leite de vaca e o de búfala não tem substâncias diferentes. Comparando o leite de búfala com o leite de vaca veremos que os dois possuem os mesmos nutrientes, o que muda é a quantidade encontrada em cada um deles. O de búfala é mais rico em cálcio, vitamina A e proteína, mas ao mesmo também possui níveis maiores de gordura (quase o dobro que o leite de vaca), portanto, é bem mais calórico.

Então, embora seja mais nutritivo, seu consumo não é indicado para pessoas para pessoas que querem emagrecer. Além disso, graças à maior quantidade de gordura sua digestão pode ser mais pesada e nem sempre é bem tolerado por organismos que não estão acostumados a esta ingestão. Pode ser necessário um período de adaptação.

O leite de búfala e, portanto, todos os seus derivados, como a muçarela de búfala, é o mais nutritivo entre os três tipos e o segundo mais nutritivo quando comparamos todos os tipos de leite (perde apenas para o de ovelha). Porém, no Brasil, é preciso ficar atento à embalagem e verificar se o leite de búfala está sendo vendido puro, pois é muito comum que seja misturado ao leite de vaca, inclusive quando vendido na forma de queijo.

Não existe o “melhor leite”, existe o leite mais indicado para cada pessoa e para cada momento de vida. Em última instância, faça o teste e experimente os três, seu organismo saberá te dizer qual ele tolera melhor.

Você sabe qual é o tipo de câncer mais comum no Brasil? É o câncer de pele. Mais comum que câncer de mama ou de próstata, o câncer de pele corresponde a mais de 30% dos tumores malignos detectados em pacientes brasileiros.

Continue lendo

Carne de peru virou sinônimo de natal para boa parte dos brasileiros, mas, graças à sua carne macia, suculenta e saborosa, esta ave vem sendo cada vez mais consumida durante o ano todo. Por isso, a produção nacional de peru não para de crescer, colocando o Brasil hoje no primeiro lugar entre os maiores criadores e exportadores desta ave no mundo.

Continue lendo

O agronegócio é o principal setor da economia brasileira. Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil-CNA, ele foi o responsável por 23,5% de contribuição para o PIB em 2017. Ainda assim, ele não dispõe da tecnologia que merece, não conta com uma conexão de Internet banda larga de qualidade.

Continue lendo

Segundo dados do Boletim da Balança Comercial do Agronegócio, divulgado no mês passado pela Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o agronegócio registrou um novo recorde de vendas para o mercado mundial, com um aumento de 5% quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

Continue lendo

A raça de gado bovino Gir tem sua origem na Índia e se destaca por ser dócil e forte. É uma das raças mais criadas no Brasil, pois além de ser de fácil trato também apresenta bons resultados em cruzamentos para produção de carne e leite.

Continue lendo

O Brasil sozinho é responsável por cerca de um terço da produção mundial de café. Há mais de 150 anos, o Brasil é o maior produtor de café do mundo. Com números como estes, é natural que a exportação de café seja um investimento certeiro e lucrativo, porém, as projeções para o futuro são ainda melhores.

Continue lendo

A soja tem um papel importante na produção agrícola brasileira. O Brasil é o segundo maior produtor mundial de soja e é também o maior exportador, fazendo com que este grão seja um dos principais geradores de lucro no agronegócio.

Continue lendo

  • 1
  • 2